Precificação de Produtos: 5 erros que você deve evitar

Se engana quem acha que para fazer a venda de um produto ou serviço é simplesmente isso: uma simples escolha.

Na verdade, é muito mais do que isso.

Fazer a precificação de produtos é uma estratégia complexa, que impacta toda sua cadeia produtiva e consequentemente isso ditará seu sucesso como empresário.

O preço é um dos principais fatores que atraem clientes, mas ele também afeta muitos outros lados de sua empresa.

Por exemplo, ele ajuda a posicionar a empresa no mercado concorrido, dá margem de manobra para possíveis descontos e, como um todo, auxilia a própria saúde financeira da empresa.

Fazer uma correta precificação de produtos é a base para uma empresa saudável e com potencial de crescimento.

Todavia, antes de começar a elaborar seus preços e aprender mais sobre o assunto, é necessário que você entenda de forma bastante abrangente como funciona o seu mercado, como trabalham e precificam os seus concorrentes e qual é o seu público-alvo.

Com tudo isso em mente, é hora de começar!

Vamos dar algumas dicas para você não cometer erros na hora de fazer a precificação de produtos.

E certamente comece hoje mesmo a alavancar sua empresa!

5 erros que você deve evitar na hora de precificação de produtos

1) Não dar a devida atenção aos seus custos e despesas

Junto com o lucro esperado, custos e despesas são a base para precificação de produtos.

É a partir deles que você vai escolher qual é o melhor preço de venda e tal preço escolhido precisa cobrir o valor dessas duas outras variáveis.

E cuidado para não deixar nenhum custo ou despesa de fora do cálculo!

Eles devem englobar os gastos de toda produção, mão de obra e, também, os gastos como aluguel e contas de todos os gêneros.

O preço deve ser suficiente para cobrir todos os gastos e ainda gerar lucro.

 

2) Fazer promoções de forma descabida e pouco planejada

Se você quiser operar com preços abaixo dos custos e despesas por um tempo, em prol de uma promoção e gerando visibilidade da marca, tudo bem. É uma estratégia financeira e de marketing muito utilizada. Todavia, é insustentável no longo prazo.

Vender com preços abaixo do necessário dá uma falsa sensação de sucesso no curto prazo, mas é motivo para falência no longo.

Leve sempre em consideração todos os seus custos e despesas no momento de precificação de produtos.

Promoções feitas sem o devido planejamento são muito prejudiciais para o negócio.

 

3) Não definir o lucro desejado

Não existe uma receita de bolo para gerir uma empresa de sucesso, mas isso não quer dizer que você não pode (e deve) ter parâmetros definidos para conquistar suas metas e objetivos.

Apesar de não ser um retorno garantido, definir o lucro desejado com a venda de seus produtos é fundamental para uma precificação de produtos de sucesso.

O preço do produto não deve apenas ser suficiente para arcar com os custos e despesas.

Também deve sobrar um valor, que vá ser usado em novos investimentos e em remuneração dos investimentos já feitos.

Ainda que não existe uma margem de lucro ideal para todos os negócios, existem estratégias para defini-la da melhor forma.

Para isso, será necessário levar o mercado em consideração como um todo em busca de um preço que satisfaça seus clientes.

Além de que se diferencie da concorrência e, ao mesmo tempo, faça a empresa continuar girando e captando novas oportunidades.

 

4) Ignorar o mercado

Você não está sozinho no mercado empresarial.

Na mesma forma, existem outras empresas lutando para sobreviver e gerar mais lucro diariamente, assim como você.

E, além disso, você nem sequer poderia existir sem outro fator muito importante: seus clientes.

Seu preço precisa ser competitivo, mas também deve levar em consideração o que está sendo praticado no mercado.

Preços muito baixos entram no problema já mencionado anteriormente, mas também podem gerar desconfiança dos clientes e a crença de que se trata de um produto de qualidade inferior.

Por isso, analise o mercado em que se encontra na hora de realizar a precificação de produtos.

 

5) Não fazer um planejamento financeiro

O planejamento financeiro e a gestão constante dele e de sua aplicação são fundamentais para manter a saúde da empresa e permitir que ela continue funcionando por muitos anos.

Um bom planejamento financeiro te permitirá saber qual é o melhor momento para variar sua precificação de produtos e, por exemplo, aplicar uma promoção temporária.

Com esse planejamento e gestão você vai ter uma ideia realista e atualizada da situação da sua empresa.

Além de , fundamentar suas decisões sobre precificação em dados concretos e de forma mais assertiva.

 

Precificação de Produtos: etapa fundamental para um bom negócio

Na ânsia de empreender e na busca pelo sucesso, muitos empresários acabam se afobando e não tomando o cuidado com sua precificação de Produtos.

Tal decisão é, claramente, um erro.

Entretanto, essa etapa é muito importante para que a roda empresarial continue girando.

Alem de que para que a empresa trabalhe sempre no positivo.

Desta forma remunerando os investimentos já feitos e com espaço para novos.

Se tiver dúvidas, procure uma Consultoria Financeira.

Juntos, podemos chegar à conclusão de qual é o preço ideal para seus produtos!

Estude seu mercado e comece a sua precificação o quanto antes.

erica

Recent Posts

8 cuidados que você/sua empresa devem ter ao escolher um software para controle financeiro

Vivemos a era digital, e por isso, é importante que sua empresa também se modernize. Para isso, existem muitos instrumentos…

9 meses ago

5 passos simples para evitar que os custos prejudiquem o seu negócio

Os custos são os grandes vilões do orçamento e podem levar muitas empresas a passarem por grandes dificuldades. Muitas vezes…

10 meses ago

Tudo o que você precisa saber para melhorar sua organização financeira

Você já parou para pensar que podemos comparar a "organização familiar" a uma empresa? Na mesma forma, nos dias de…

12 meses ago

Como obter sucesso utilizando a visão financeira.

Na visão financeira, dois elementos são particularmente importantes: O controle financeiro e o planejamento financeiro. É comum que em diversas…

12 meses ago

A verdade sobre a falta de lucratividade e como isso afeta seu negócio

Afinal toda empresa existe para obter lucro, certo? E que  isso fique bem claro! Toda empresa é um investimento, e…

1 ano ago

Dicas úteis para elaborar seu planejamento financeiro.

Muitas empresas tem um método de gestão financeira baseado unicamente em “apagar incêndios”. Ou seja, não há realmente um planejamento…

1 ano ago